Sábado
23 de Junho de 2018 - 

Controle de Processos

Newsletter

Home

OAB Alagoas realiza terceiro treinamento com foco na plataforma INSS Digital

A terceira edição do treinamento para utilização do sistema INSS Digital foi promovida, pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL), através da Comissão de Estudos e Atuação Previdenciária, durante a tarde desta sexta-feira (12). O treinamento, que tem como objetivo aprimorar o conhecimento sobre a nova plataforma, ocorreu no auditório do prédio sede, em Jacarecica. A presidente da OAB Alagoas, Fernanda Marinela, acompanhada do presidente da Comissão de Estudos e Atuação Previdenciária, Flávio Gilberto, deu as boas-vindas aos advogados e ressaltou a importância do acompanhamento de uma atualização tão aguardada pelos advogados para dar maior suporte a sociedade alagoana. “Essa era uma cobrança antiga. Hoje a advocacia alagoana não precisa se deslocar todos os dias até as agências para acompanhar o andamento de muitos procedimentos. A OAB Alagoas saiu na frente e foi uma das primeiras no Brasil a abraçar a nova plataforma. Hoje contamos com mais de 600 advogados cadastrados e seguimos nossa campanha na capital e interior para aumentar esse número. Apesar dessa grande adesão dos advogados, a ferramenta é nova e, claro, sua utilização gera algumas dúvidas. Por isso planejamos os treinamentos, para que vocês possam interagir melhor com todas as possibilidades que a plataforma oferece. Sejam muito bem-vindos e aproveitem”, pontuou Marinela. O presidente da Comissão de Estudos e Atuação Previdenciária também destacou a importância do treinamento, tanto para a interação dos advogados com todas as funções como para que o INSS possa aperfeiçoar a plataforma a partir de dúvidas e sugestões da advocacia alagoana. “Tudo que é novo gera dúvidas e nossa preocupação é justamente oferecer um suporte ainda maior, para que a utilização desse benefício seja aperfeiçoada trazendo ainda mais agilidade e praticidade. Vamos tirar as dúvidas que os advogados e advogadas ainda possam ter e com isso o próprio INSS pode obter informações importantes para que a plataforma seja aperfeiçoada”, explicou Flávio Gilberto.
12/01/2018 (00:00)
Visitas no site:  752053
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia